Atlético-GO concentrado no Vitória

Ao contrário do Vitória que não poupou ninguém contra o Flamengo, no último sábado e jogando bem, empatou. O Atlético foi de time misto contra o Fluminense e perdeu. O time do técnico Geninho, não contará para a partida contra o Vitória dos meias Elias, aquele mesmo, e Robston, e até o momento o técnico Geninho não decidiu a equipe. que enfrenta o Leão no jogão de quarta-feira. Veja pequenos detalhes do Atlético numa matéria da Abril.

Depois de vencer a primeira partida das semifinais da Copa do Brasil sobre o Vitória por 1 a 0 e perder sua primeira partida no Brasileirão pelo mesmo placar para o Fluminense, o técnico do Atlético-GO, Geninho, quer ver sua equipe mais concentrada e não quer que o time sinta o resultado negativo.

“Temos a capacidade de reagir. Claro que queríamos um resultado diferente, mas isso não pode causar um reflexo no jogo de quarta”, afirmou o treinador, visivelmente preocupado.

Geninho terá, inclusive, mais dores de cabeça ainda na hora de definir os 11 que entram em campo contra o Vitória. Sem Robston e Elias, principais articuladores de jogadas de seu time e destaques na temporada, o treinador ainda não confirmou quem serão os substitutos.

Contra o Flu, foram testados Anaílson, ex-São Caetano, e Keninha, ex-Santa Helena, que não agradaram e não serão utilizados, até por não estarem inscritos na Copa do Brasil. O único meia de origem que está inscrito é Weslley, que não deve jogar. Então, quem provavelmente entrará em campo será o volante Erandir, que formará o meio campo com outros três jogadores da mesma posição: Agenor, Pituca e Ramalho.

Deixe seu comentário!

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*