111 Anos de Glória, sou feliz, sou Vitória

Hoje o Vitória completa 111 anos de vida. Um senhor de idade, que somente agora ganha maturidade para caminhar com passos longos em busca de uma conquista que pode coroar seu valor. O site Barradão Online fez sua homenagem no último Domingo, através do rubro-negro Luciano Santos, e o BLOG vai no embalo, recupera, reproduz e parabeniza o Esporte Clube Vitória.

O Vitória completa 111 anos de vida no próximo dia 13 de Maio. A família rubro-negra está feliz, e não poderia ser para menos. O Leão conquistou o tetracampeonato baiano e está nas semifinais da Copa do Brasil. Além das duas competições, o Vitória ainda vai a campo, em 2010, pelo Brasileirão, Sulamericana e pelo Nordestão. Serão muitas emoções pela frente, com uma Copa do Mundo no meio.

Voltando ao aniversário do nosso amado clube e à alegria de ser rubro-negro, precisamos ressaltar a reviravolta dada em nossa história ao longo desses 111 anos.

Orientado, desde sua fundação, para ser um clube “limpo” nas disputas que tomasse parte, o Vitória contribuiu para a configuração de quase todas as federações esportivas da nossa terra. Ganhando ou perdendo, o Leão da Barra sempre honrou as cores e o pavilhão sagrado, agindo com desportividade em todas as competições que participou.

No futebol, conquistou dois títulos – 1908 e 1909 – em sua fase amadora, que perdurou até 1953, dando muitas vezes prioridade ao conjunto de esportes praticados. A sua torcida, em certos finais de semana, assistia uma prova de natação e seguia direto para a quadra de basquete ou para o estádio de futebol, com o mesmo entusiasmo. Registra-se inclusive a recusa do goleiro Henriquinho a uma convocação para a seleção baiana de futebol, preferindo disputar uma regata de remo pelo Rubro-Negro.

Quando se voltou mais para o futebol, o Vitória encontrou muitas dificuldades, principalmente nos bastidores, para se firmar. Perdeu a oportunidade de fazer crescer sua torcida com o esporte mais popular do País, numa época em que o Brasil encantou o mundo com o Tri 1958-62-70. Continua aqui

Deixe seu comentário!

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*