O Vitória ainda é líder do Campeonato

Alexi PortelaO Vitória foi roubado, isso é fato, não precisa ser muito inteligente para avaliar a péssima atuação de Arilson Bispo da Anunciação. Acredito até que isso faz parte do futebol, uma hora seu time vai ser beneficiado ora prejudicado, entretando quando o erro acontece mais de uma vez com o mesmo árbitro, contra o mesmo time, aí já abre margem para a desconfiança, que pode ter algo proposital na peleja. Que não permitam que este “#@$%!£$” apite mais o clássico BAVI.

Bom, como nada vai mudar a placar, há como retirar algo de proveitoso na situação. Apesar de sermos líder do Grupo 1 e da competição no geral, Alexi Portela não gostou do que viu (e nem nós, torcedores), a ideia de reforços volta à tona, e cada vez fica mais nítido que os reforços precisam ser melhores que esses daí. No Vitória, as derrotas servem como sinal de alerta, até aprendemos com os erros, as mudanças devem acontecer de verdade. E no fim das contas, tudo volta ao normal. Um campeão, e o outro vice. Veja o que Alexi comentou sobre o jogo: (Lucas Serra)

O presidente rubro-negro Alexi Portela estava inconformado com a arbitragem após o clássico BaVi. Para o dirigente, a derrota do Vitória tem de ser creditada exclusivamente ao árbitro Arilson Bispo da Anunciação. “O juiz decretou a nossa derrota. Ele não marcou aquele pênalti claro em cima de Schenwck. Teve a expulsão em Uelliton também. Não achei que ele merecia o vermelho”, disse o cartola, a uma rádio de Salvador.

Apesar da revolta, Portela minimizou as críticas ao desempenho do Leão e disse que o técnico Ricardo Silva tem a confiança da direção. “Lideramos o nosso grupo, com quatro pontos à frente do Bahia, que é líder do outro. Não há motivos para não acreditar no nosso técnico”, pontuou. No entanto, o dirigente admitiu que a sua equipe carece de alguns reforços. “Estamos atentos ao mercado. Vamos ver quais são as posições carentes do Vitória primeiro. Não vamos contratar com pressa”(iBahia).

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*