Data da Copa do Nordeste segue indefinida

Já está quase tudo definido para volta da Copa do Nordeste ao cenário do futebol brasileiro. Clubes que fazem parte da Liga de Futebol do Nordeste já se reuniram várias vezes, propuseram o modelo de disputa e os 16 clubes que vão participar da competição. Mas o que falta agora é tentar encaixar a disputa no calendário da CBF – Confederação Brasileira de Futebol.

Com alguns times da região disputando as Séries A e B do Campeonato Brasileiro, a Copa do Brasil e, até mesmo a Sul-Americana, como é o caso do Vitória, é provável mesmo que o Campeonato só volte a ser disputado em 2011.

“Tem algumas federações que fazem parte da Liga do Nordeste que querem a competição logo, ainda este ano, mas eu não vejo possibilidade de o campeonato ser realizado em nenhum mês”, disse Ednaldo Rodrigues, presidente da FBF (Federação Bahiana de Futebol).

De acordo com o presidente, daqui a mais ou menos 20 dias ele vai se reunir com presidente da CBF, Ricardo Teixeira, que atualmente encontra-se em Zurick, na Alemanha, participendo de Congresso. O objetivo da reunião é que um calendário seja criado para a competição, e o ideal é que as datas das outras competições sejam alteradas, para que a Copa do Nordeste seja disputada sem sobrecarregar as equipes.

Além de dois times baianos, Bahia e Vitória, outros clubes do Nordeste vão disputar o Campeonato Brasileiro, com é o caso de Sport e Náutico, que vão estar jogando Série B.

“Eu não vejo nenhuma possibilidade de a Copa do Nordeste voltar a ser realizada sem esses clubes. Se isso acontecesse, começaria de uma forma errada”, ressaltou Ednaldo Rodrigues, que sempre lutou para a volta do campeonato.

A princípio, os 16 clubes fundadores devem participar da competição, são eles Ceará (CE), Fortaleza (CE), Náutico (PE), Sport (PE), Santa Cruz (PE), Vitória (BA), Bahia (BA), Fluminense (BA), Treze (PB), Botafogo (PB), América (RN), ABC (RN), Confiança (SE), Sergipe (SE), CRB (AL) e CSA (AL). Alguns clubes do Maranhão e Piauí estão brigando para também participar da Copa, mas até agora nada foi definido em relação a essa possibilidade.

A Copa do Nordeste foi disputada no Brasil em um período de 10 anos, entre 1994 a 2004. Mas, apesar do notável crescimento e da importância que a competição ganhava no cenário nacional, o torneio teve que ser cancelado justamente por não haver mais datas no calendário da CBF. Por causa da decisão, vários clubes do nordeste processaram a entidade máxima do futebol brasileiro e ganharam a causa. Mas, para poder ter a competição de volta e ficar “de bem” com a CBF, a Liga de Clubes de Futebol do Nordeste (LCFN) teve que abrir mão da disputa jurídica e da dívida que tinha para receber.

“Chegamos à conclusão de que era mais importante que o campeonato fosse realizado”, afirmou Eduardo Rocha, presidente da LCFN. Matéria de Isabela Rocha/Tribuna

Deixe seu comentário!

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*