Torcida do Bahia já tem seu cacique!

Renato GaúchoDepois de muitas especulações da imprensa esportiva, finalmente, e em grande estilo, usando do que existe de mais moderno no mundo virtual, a nação tricolor tomou conhecimento do seu novo cacique, o cacique Renato Gaúcho, 47 anos, oriundo da aldeia Guaporé, localizada a 210 km de Porto Alegre.

Como já foi exaustivamente divulgado, o ritual de louvação e apresentação do encantado,será realizado na próxima quinta-feira (17), no advento da inauguração da loja oficial da tribo. Aviso: está proibido colar de penas de gavião ou pavão, colar feito de conchas e faixas de miçangas coloridas, bem como o uso de tabaco e outras substâncias de defumação de ambiente.

Depois de apresentado, o cacique volta à aldeia base de origem, retornando a Salvador em princípios de Janeiro, onde comandará a sua primeira pajelança fora da aldeia do Rio de Janeiro, com o fito de resolver os problemas que acometem a coletividade tricolor.

A convocação do cacique trouxe muita movimentação dentro do BLOG, logo que foi anunciado através do “microblog Twitter” do modernoso presidente Marcelo Guimarães Filho. As opiniões foram diversas, numa divisão clara, de aceitamento ou não, do nome de Renato Gaúcho. Todos merecem respeito, entretanto alguns merecem destaque:

Indústria do boato

“Esse fato serve para a imprensa baiana realizar uma intensa reflexão a respeito da indústria do boato. Kleina, Fernandes, Simões, Franco, Santana, Chamusca e alguns outros já estavam de malas prontas em direção ao aeroporto soteropolitano por conta de informações sem critério de alguns veículos de imprensa baianos. Total falta de credibilidade!!! Na verdade, fábrica de ilusões e sensacionalismo. Poderiam todos eles trabalhar em revistas como Contigo, Caras ou qualquer outra de fomentação de boatos ou pseudo-celebridades.”

Desconfiança e a revolta dos baianos e PC

“Li um monte de comentários para a noticia única da contratação do Renato. Aqui no BLOG, no jornal A tarde e no fórum do Ecbahia. Uma parte aprova, outra reprova e um há terceiro segmento que não sabem dizer nada além de levantar a velha questão do passado, onde o atual técnico afirmou que na Bahia, só tem índio, e outras bravatas bem natural da pobreza intelectual de grande parte dos jogadores no Brasil.”

“Para estes pergunto: O que dizia PC em relação ao Bahia quando ainda dirigente do Vitória? Este podemos esquecer e aceitar de braços abertos? Já Renato Gaúcho devemos guardar magoar de palavras ditas no calor de um jogo há 19 anos atrás?”

Jael X Renato Gaúcho

“Gostei, não do técnico, gostei da colocação pertinente do torcedor Marcus Brito. Técnico como o Renato custa caro, entretanto deve ser bem superior considerando os custos e benefícios do que a renovação do atacante Jael. Tudo é uma questão de prioridade. Colocação bem legal do torcedor Marcelo: O Bahia não contratou um técnico, na verdade um garoto propaganda numa tentativa desesperada de alavancar um produto com a marca desgastada. As questões técnica do contrato não foram consideradas.”

Deixe seu comentário

2 Trackbacks / Pingbacks

  1. พนันบอล
  2. Klik hier

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*