Barueri e Vitória se enfrentam para driblar má fase

O confronto entre Barueri e Vitória às 21 horas (Brasília) desta quinta-feira terá ares de decisão na Arena Barueri. Isto porque as duas equipes vivem momentos parecidos.

No começo do Brasileirão, tanto a Abelha quanto o Leão conseguiram bons resultados. Mas nos últimos jogos, a má fase parece ter se instalando nos dois clubes e as vitórias minguaram. A última semana foi desastrosa para os donos da casa: em três jogos, três derrotas.

Somando com o empate com o Flamengo, o Barueri não sabe o que é conquistar três pontos desde o último dia 19, quando goleou o Náutico na Arena. Com isso, a Abelha caiu na tabela e, se antes brigava para entrar no G-4, hoje ocupa o 11º lugar com 22 pontos. Por isso, a ordem é aproveitar o fator casa nesta 17ª rodada para fazer o torcedor voltar a sorrir. “Não está tudo perdido, temos que ter paciência. Vamos fazer dois jogos em casa e podemos voltar a vencer”, declarou o volante Márcio Hahn, se referindo ao confronto deste domingo, também em casa, contra o Grêmio. Para enfrentar os baianos, Estevam Soares terá dois desfalques e dois retornos para escalar o time.

Enquanto o artilheiro Val Baiano continua se tratando de uma lesão e o volante Ralf cumpre suspensão pelo terceiro cartão amarelo, João Vitor, volante, e Pimentel, lateral, que estavam entregues aos médicos do clube, foram liberados para atuar. Vindo de uma derrota no Barradão para o São Paulo na última rodada, o Vitória não vence há dois jogos.

O último triunfo foi em cima do Coritiba no dia 26 de julho. Sendo assim, o Leão, que ficou entre os quatro primeiros durante boa parte do torneio, agora é o sétimo colocado com 24 pontos. Por isso, uma vitória fora de casa é o que o time comandado por Paulo César Carpegiani precisa para voltar a ter confiança em seu futebol. Para tanto, o técnico não poderá contar com o goleiro Viáfara, que, lesionado na última partida, dará lugar ao experiente Gléguer Informações da Gazeta Press

Uellinton é multado pelo Vitória

A diretoria do Vitória agiu rapidamente em relação ao caso Uelliton. O jogador que teria simulado uma contusão por estar insatisfeito com a reserva, será multado pela diretoria do clube. Em entrevista à Rádio Transamérica, Jorge Sampaio colocou um ponto final no assunto. “O problema já está resolvido. O Uelliton é um jovem mas não pode fazer o que fez. O jogador será multado no salário”.

Mesmo que não seja afastado do time, Uelliton terá lutar muito para reconquistar a confiança do treinador, que ficou muito aborrecido com o ocorrido. Carpegiani chegou a dizer que não trabalha com “mal caráter”. Com informações do Portal Futebol Baiano

Essa de migué de Uellinton de simular contusão pegou mal demais. É possível que a torcida não entenda, apesar do fato ter sido conduzido para um desfecho razoável. Qual será o clima entre o jogador e o técnico que o chamou de mau-caráter? Tais perguntas ficam no ar. O jogador ainda jovem, como Uellinton, deve estar muito mal aconselhado. Tais fatos podem resultar para a carreira do jovem jogador não só uma perda salarial, mais um estigma de um profissional com poucos escrúpulos.

Jogos de quarta-feira pela série A
Goiás 3 x 2 Flamengo
Náutico 1 x 0 Corinthians
Coritiba 0 x 1 Santos
Cruzeiro 0 x 2 Atlético-PR – Gols – (final)
Avaí 1 x 0 São André (final)
São Paulo 3 x 1 Botafogo (final)
Veja a classificação aqui

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*