Neto Baiano marca três vezes e leva o Vitória para a final

O Vitória está classificado para a final do Campeonato Baiano. A equipe do técnico Paulo César Carpegiani ganhou na noite desta quinta-feira do Atlético de Alagoinhas no estádio Manoel Barradas, o Barradão, por 3 a 1, com três gols do artilheiro Neto Baiano.

Logo no primeiro lance de ataque do jogo o Vitória abriu o placar. Com apenas 48 segundos de partida, o artilheiro Neto Baiano foi mais esperto que os zagueiros do Carcará e empurrou para as redes.
Podendo até perder por diferença mínima (já que havia vencido o primeiro jogo) e com vantagem no marcador, o Rubro-negro se acomodou no jogo e deixou o Atlético-BA jogar. Foi então que o a equipe visitante cresceu no jogo e passou a pressionar os anfitriões. Até que aos 29 minutos, a bola sobrou para o lateral Robinho, o jogador mais perigoso da equipe de Alagoinhas, que chutou firme e conseguiu vencer o goleiro colombiano Viáfara.
Na segunda etapa, o técnico Paulo César Carpegiani conseguiu reajustar seu time que voltou mais ligado na marcação e trabalhando melhor a bola. E o resultado desta melhora foi visto aos 16 minutos: o artilheiro Neto Baiano, em cobrança de pênalti, chutou no canto direito deixou os anfitriões com vantagem. Ainda deu tempo para o artilheiro fazer seu 17 tento no Baianão, aos 36 minutos, e com muita categoria. O avante dominou de fora da área e chutou no ângulo para fazer um belo gol.
Classificado, o Vitória agora espera o vencedor do confronto entre Bahia e Fluminense de Feira de Santana para conhecer seu adversário na final. O bi-campeão brasileiro de 1959 e 1988 ganhou o primeiro jogo por 2 a 1 e pode perder até por um gol de diferença.Vitória 3 x 1 AlagoinhasVitória: Viáfara; Apodi (Vanderson), Wallace, Anderson Martins (Luciano Almeida) e Bosco; Uelliton, Carlos Alberto, Bida, Ramon (Washington), Jackson; Neto Baiano – Técnico: Paulo César CarpegianiAlagoinhas: Paulo César; Amilton Junior, Edy (Vaguinho), Tobias e Robinho; Rafael (Tiago Neiva), Luis Cláudio, Gil e Tiago Neiva; Ciel (Hiroshi) e Robert – Técnico: Ferreira

Público: 5.898 pagantes
Renda: R$ 99.600,00
Árbitro: Jailson Macedo Freitas
Auxiliares: Adailton Silva e Welb Rocha
Cartões amarelo: Ramon (V), Edy, Robert, Tobias, Elton, Vaguinho (A)
Gols: Neto Baiano, aos 47 segundos do primeiro tempo, aos 16min e 36min do segundo tempo, para o Vitória e Robinho, aos 29 min do primeiro tempo

Agora, é hora dos torcedores e toda a comissão técnica do Vitória ter pesadelos, como disse um velho dirigente rubro-negro. O Vitória, porém, chega a final do campeonato como o time que mais acumulou pontos e que possui o status de estar na primeira divisão do campeonato brasileiro. Vai jogar agora a segunda partida decisiva no Barradão, nessa fase derradeira, e a primeira partida no Estádio de Pituaçu. A expectativa é que os dois Ba-vis sejam os mais emocionantes dos últimos tempos, pois o Bahia é um time de chegada, enquanto o Vitória é o time que tem se apresentado como favorito ao título.
Confira o Show de Neto Baiano

Deixe seu comentário

1 Trackback / Pingback

  1. Offshore Company Formation

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*