Vitória planeja mudar de nome nos seus 110 anos

O Esporte Clube Vitória pretende mudar de nome nos próximos anos. Para se posicionar como um dos times de futebol mais tradicionais do país, a equipe baiana estuda seguir o exemplo de outras agremiações do exterior, principalmente da Alemanha, e embutir a inscrição “1899” em sua nomenclatura oficial, em referência ao ano de fundação do clube. O modelo foi escolhido pelos torcedores e faz parte da ação que deve rebatizar o time. Pelo projeto da diretoria rubro-negra, a mudança de nome passará inicialmente por um período de testes, principalmente junto à torcida. Para isso, a ideia será lançada oficialmente no dia 13 de maio, data em que o Vitória comemora 110 anos de sua criação.

“A partir do Campeonato Brasileiro nós vamos começar o trabalho, que irá durar toda a temporada, para ver a repercussão de o clube se chamar Vitória 1899. Na verdade, a data já está no nosso escudo, então o que queremos é puxá-la, também, para o nome”, explicou Ricardo Azevedo, diretor de marketing do Vitória, lembrando que uma mudança definitiva só poderá acontecer após votação e, posteriormente, aprovação dos conselheiros.

Para reforçar ainda mais essa campanha, o clube, que já registrou o domínio “vitoria1899.com.br”, também irá incorporar o ano da sua fundação ao nome do estádio. Dessa forma, o Barradão passará a se chamar “Arena 1899”. Essa mudança deve acontecer a partir da segunda rodada do Campeonato Brasileiro, quando a equipe baiana jogará em casa contra o Sport.”Aproveitamos para mudar o nome do nosso estádio para marcar tudo isso.

No fundo, o projeto para a arena é transformá-la para receber um contrato de naming right, e esse nome facilitaria a migração”, afirmou Azevedo, em referência ao contrato de patrocínio que permite a uma empresa “batizar” um estádio, nos mesmos moldes do acordo que aconteceu no passado entre o Atlético-PR e a Kyocera.Todo esse projeto, que está amparado no resgate da história do clube, será coroado com uma grande construção.

Concomitantemente ao lançamento da campanha, o Vitória irá colocar a pedra fundamental para a criação de um novo memorial, que deverá ser inaugurado apenas em 2010.”Nós fomos buscar uma consultoria com o mesmo curador do Museu do Futebol [localizado no estádio do Pacaembu, em São Paulo], e teremos um projeto bem ambicioso. A construção deve consumir cerca de R$ 10 milhões, e pretendemos levantar essa verba via Lei de Incentivo ao Esporte”, completou o diretor de marketing do Vitória. (por Thales Calipo – UOL esporte, adaptado)

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*