Vitória 1899 pode zerar a freguesia histórica!

Vitória 1899Vejo por ai em tudo que é BLOG dos torcedores do glorioso Esporte Clube Vitória uma certa revolta diante da proposta do diretor de marketing Ricardo Azevedo acerca da mudança do nome do clube com a inclusão do ano de 1899 na manjada e cansada camiseta vermelha e preta. Aliás, time vermelho e preto no Brasil só perde para João, deve empatar com José e ganha de goleada de Maria.

Mesmo sendo torcedor do Bahia, ouso defender a proposta do Vitória 1899, porque reputo como inovadora, ainda que desconfie que faça parte de um golpe orquestrado, como sempre, na calada da noite para apagar o passado. Além disso, vale lembrar que o ano de 1899 registrou além da fundação do glorioso Club de Cricket Victoria outros fatos relevantes que marcaram a história e são lembrados até hoje.

Quem não se lembra da fundação clube carnavalesco Vassourinhas lá no Recife? Quem passa pela sede do clube verá em letras garrafais na fachada do prédio: “Vassourinha 1899 botando prá quebrar”. Por que eles podem e o Vitória não? Ainda que muitos afirmem que foi em 1889, garanto ter sido em 1899 que foi projetada a primeira cena de sexo não convencional no cinema francês, hoje lembrado pela maioria tricolor e por alguns poucos rubro-negros.

Foi em 1899 o nascimento de Lillian Disney que, 18 anos depois, casou-se com Walt Disney, figura querida e conhecida no santuário de Canabrava. Não bastando todas essas relevâncias históricas, foi em 1899 que o avô de Edy Macedo fundou a igreja Filhos da Fé em Belém do Pará, que mais tarde viria a ser batizada de Igreja Universal do Reino de Deus. Observem que nem estou comentando que também em 1899 Joaquim Nabuco através de cartas tirou pulgas dos cachorros e colocou no bigode de Rui Barbosa.

Os fatos por si só já justificariam a mudança de nome, entretanto acrescento: O Ricardo Azevedo é um pacifista, conhecido pela torcida do Bahia como o Nelson Mandela branco da concórdia por defender abertamente através de ótimos artigos a presença tricolor no estádio do Barradão. Duvido, entretanto, que essa proposta fosse levada à frente sem antes do crivo celestial da dupla mãe Diná e Robério de Ogum, afinal todos sabemos: esse pessoal entre outras atividades esotéricas, são mestres em numerologia, tarô, runas e astrologia, e com certeza recomendaram a inclusão do numeral 1899, claro, sem o modelo 2009 proposto na consulta inicial

Vejo outro lado positivo que os torcedores do rival não estão levando em consideração. Com a criação de Vitória 1899 dar-se-á baixa na Junta Comercial e conseqüentemente na CBF ao antigo e hoje pré-finado Vitória Esporte Clube, e assim aproveitam o passamento do atual e ZERA as estatísticas que o acusam frontalmente de uma freguesia histórica dos rubro-negros quando confrontado com o Esporte Clube Bahia. Isto é o mesmo que tirar o nome do serviço de proteção ao crédito, sem pagar o débito que não são pequenos. Mas não me iludo, pode se mudar o nome, já o hábito da freguesia tenho dúvida.

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*