Pituaçu e Barradão funcionam juntos pela primeira vez

A Avenida Paralela passou no teste do clássico Ba-Vi. A via de acesso rápido apresentou pontos de lentidão, mas suportou bem o trânsito doa mais de 30 mil torcedores que compareceram ao Estádio de Pituaçu, no domingo, 27 de Março. Hoje à noite, a questão do fluxo de veículos terá novo desdobramento.

A Copa do Brasil modificou a tabela do estadual e estabeleceu verdadeira maratona para a dupla Ba-Vi. Consequências? Além do inevitável desgaste físico, uma situação inédita na temporada: os clubes atuam juntos na capital. Diferença de apenas 50 minutos entre o início das partidas no Barradão (20h10) e em Pituaçu (21h).

E quem precisa passar pela Paralela já começa a pensar no trânsito. Os estádios nunca funcionaram simultaneamente desde a reabertura do Roberto Santos, no dia 25 de Janeiro deste ano. Mais: terça-feira é dia de aula normal na Universidade Católica, nas Faculdades Jorge Amado e FTC. Além, claro, do fluxo natural de volta para casa do princípio da noite.

TRANSALVADOR

Possibilidade de congestionamento que não preocupa a Superintendência de Trânsito e Transporte de Salvador (Transalvador). Através da assessoria de imprensa do órgão, o diretor de trânsito, Armando Yokoshiro, comunicou que “vai manter os mesmos esquemas dos dias de jogos para os dois estádios”. A justificativa para a ausência de qualquer operação especial é a de que “os esquemas têm funcionado”.

O órgão pede apenas a colaboração dos motoristas. Como de costume, o trânsito será interditado no Viaduto Dona Cano, perto do Estádio de Pituaçu. E, na Avenida Arthemio Valente, tráfego em sentido único antes e depois do jogo no Barradão. Com informações do Correio

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*