Torcida tricolor cantou em coro o nome de Jaques Wagner

O governador Jaques Wagner preferiu ir à solenidade de reinauguração do Estádio Metropolitano de Pituaçu de camisa branca, esporte, bem à vontade, ao lado da primeira-dama Fátima Mendonça, que optou por um vestido vermelho. Torcedores “de carteirinha” do Bahia, eles abriram mão do protocolo, e literalmente estampavam no rosto, antes e depois da bola rolar, a alegria de ter devolvido à nação tricolor o orgulho, o prazer e a bonita festa que são as tardes de domingo nos jogos do “Bahêaa” em Salvador.O governador Jaques Wagner foi recompensado, seu trabalho e empenho reconhecidos pelos torcedores. Seu nome foi cantado em coro por uma extasiada torcida, que coloriu as arquibancadas de Pituaçu de azul, vermelho e branco. Muito empolgada, ao lado do governador, sua esposa, Fátima Mendonça, chegou a reger a torcida, participar dos seus gritos, cânticos e palavras de ordem que traduziam todo o euforismo de uma tarde de domingo inesquecível, completada com a goleada do Bahia, de 4 a 0, sobre o Ipitanga.

PM só registra delitos leves no estádio de Pituaçu

Festa bonita, Pituaçu novinho em folha, sanitários limpos, assentis instalados em parte das arquibancadas, mas uma minoria de torcedores insistiu na falta de educação que marcava os jogos do Bahia na Fonte Nova. Nenhum delito grave foi flagrado pela policia militar, que contabilizou ocorrências ligadas mais aos maus hábitos do que à violência.

Com 739 policias militares nos arredores do estádio, a PM flagrou rapazes tentando destruir um dos portões do estádio. Um torcedor reclamou do mau uso dos assentos por parte dos membros de uma torcida organizada. “Tinha alguns torcedores com a camisa da Bamor pisando nas cadeiras. Nós reclamamos e eles não gostaram” afirmou o ouvinte Pelé Guimarães à Transamérica FM. A PM informa ter apreendido também 12 adrianinos e uma bola-bomba na entrada do estádio.

Helton Luís escreve o seu nome no estádio

O alagoano de Arapiraca, de 22 anos, Helton Luís da Silva, a 21ª contratação do Bahia para 2009, foi o grande nome do jogo que marcou a reinauguração do Estádio metropolitano de Pituaçu. Autor de dois dos quatro gols da goleada de 4 a 0 sobre o Ipitanga, o jogador saiu de campo aos 25 minutos do segundo tempo, por cansaço, aplaudido de pé pela torcida, que cantou seu nome em coro das arquibancadas do “alçapão” tricolor.

Helton foi revelado nas divisões de base do Vitória, mas veio do Náutico de Recife, onde tinha o apelido de “Kaká do Nordeste”, pelo bom futebol que conseguia mostrar, mas ironicamente sem ter reais oportunidades de se firmar como titular no time pernambucano. Os dois gols de ontem foram também os dois primeiros gols do meia como jogador profissional de futebol.

Gallo elogia o estádio, a festa, mas mostra cautela

“Conheço o Brasil e o mundo, e o governo da Bahia está de parabéns com este estádio, que é maravilhoso. O futebol baiano merecia esse presente”.

Desta forma o técnico Alexandre Gallo, representando o futebol do Bahia, procurou agradecer a reinauguração do Estádio Metropolitano de Pituaçu. Mas aproveitou também para ressaltar sua preocupação com a cobrança que está sendo feito em cima do seu grupo, do euforismo que tomou conta da torcida pela volta dos jogos do tricolor em Salvador.

Comércio paralelo voltou com o “PituAço”

Não poderia ser diferente. Até fora do Estádio Roberto Santos, que a torcida tricolor já apelidou de “PituAço”, a festa de reabertura rendeu lucros e dividendos para quem aproveitou a emoção do evento esportivo mais esperado do início do ano. No caminho principal de acesso à entrada do novo equipamento esportivo da cidade, para quem chegava via Av. Paralela, um universo de vendedores se plantou no local, alguns até antes do sol raiar.

Era a volta do tradicional comércio paralelo do tricolor, oferecendo aos torcedores os mais diversos produtos, comes e bebes, durante a bela tarde de verão, que devolveu aos baianos o domingo de futebol, com o jogo entre Bahia 4 x 0 Ipitanga, válido pela 3ª rodada do Campeonato Baiano. – Trechos da excelente cobertura da inauguração de Pituaçu feito pela Tribuna da Bahia.Confira os valores dos ingressos para os próximos jogos do Bahia

Para as próximas partidas no campeonato baiano e Copa do Brasil, o Bahia já definiu a política de valor de ingressos. Nos jogos de campeonato baiano, exceto clássicos contra o Vitória, semi-final e final, o ingresso custará R$20,00.

Nas demais situações citadas (clássicos contra o Vitória, semi-final e final), o ingresso custará R$30,00 Na Copa do Brasil, as duas primeiras fases terão o ingresso custando R$20,00. Caso avance nesta competição, a depender do adversário, este valor poderá ser alterado.

Confira os gols da vitória tricolor

Outros resultados da 3º rodada do baiano
Fluminense 0 x 2 Camaçari
Madre Deus 3 x 2 Colo-Colo
Poções 1 x 0 Feirense
Itabuna 0 x 1 Atletico

Deixe seu comentário!

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*