Pituaçu: Carga maior de ingresso é possível

A carga de ingressos retornou à pauta. O presidente Marcelo Guimarães Filho encontrou os secretários de Transporte e Infraestrutura (Setin), Almir Melo Júnior, e de Serviços Públicos, Fábio Mota, para analisar espaços que podem servir de estacionamento em dias de jogos. O terreno de propriedade da construtora OAS foi considerado “satisfatório” e sua limpeza já foi providenciada.

Outros locais podem ser utilizados – como vagas da Universidade Católica do Salvador e do Ferreira Costa “vimos esses lugares que ficam perto do estádio. Até quinta-feira devemos definir isso, mas depende de uma reunião”, disse Almir Melo, que prometeu ainda uma consulta ao Ministério Público sobre a questão.

Questionado sobre a chance de um acréscimo de publico na carga de 16 mil pessoas estabelecida para a reabertura do estádio, no dia 25, o secretário optou pela cautela. “Se houver tempo. Possibilidade existe, mas é melhor aguardar. Não é a SETIN que libera ou veta isso, e sim a SUCOM”

Toda a correria, ida e vindas e noticiam desencontradas dos últimos dias podem ser debitada na conta do complexo viário previsto no termo de ajustamento de conduta assinado entre o governo do estado e a prefeitura municipal. O projeto da reforma contempla a construção de viaduto com passagem de pedestres, passarela e duplicação da avenida Pinto de Aguiar.

A obra não ficou pronta ou sequer tem prazo para terminar. A Conder promete entregar o novo cronograma na segunda-feira (26). Antes, dia 21, operários tratores e toda sorte de maquinas pesadas completam um ano em Pituaçu. À previsão inicial para a conclusão era de seis meses.

Greves, embargos e chuvas servem de justificativa para o atraso, mas fontes ligada a prefeitura garante que a presidente da CONDER, Maria Del Carmen, recebeu ao menos três ofícios notificando a importância do acesso na liberação do estádio. O primeiro dataria de maio de 2008. Segundo a mesma pessoa, “empurraram a questão por conta do atraso no restante da obra”

Vale lembrar que, a 12 dias da estréia, o estádio ainda não foi vistoriado por Vigilância Sanitária, Policia Militar ou Corpo de Bombeiro. Falta ainda o “habite-se” documento que atesta que o imóvel foi construído seguindo a legislação estabelecida para aprovação do projeto. Prenuncio de mais corre-corre nos próximos dias. Além de finalizar a obra, é preciso regularizar o estádio. Com informações de Eduardo Rocha do Correio desta terça-feira

FBF confirma Itabuna x Bahia no Luiz Viana Filho
O estádio Luiz Viana Filho, em Itabuna, vai ser o palco da partida entre Itabuna e Bahia, no próximo domingo, na rodada de abertura do Campeonato Baiano de 2009. A confirmação vai ser feita pela Federação Bahiana de Futebol (FBF) ainda nesta terça-feira (13).

BWA e Bahia: quem paga a conta?

Bahia e BWA têm um problema grande para resolver nesta terça-feira (13/01). A empresa que administrava a confecção de ingressos e as catracas do estádio da Fonte Nova em 2007 e em Feira de Santana em 2008, antecipou cerca de R$ 500.000,00 ao clube para descontar com as receitas dos jogos de 2009. O problema é que a Sudesb (sem licitação) fechou com a Visa Net, empresa que estará responsável pela arrecadação em Pituaçu. De que forma o Bahia vai pagar o débito? ( Bahia Noticias)

Deixe seu comentário!

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*