Bahia trabalha para aumentar a capacidade de Pituaçu

A reabertura com publico de apenas 16 mil pessoas é irreversível, mas o Bahia se movimenta nos bastidores para ampliar a capacidade de Pituaçu na sua partida na sua segunda partida por lá, dia 4 de fevereiro, contra o Atlético. O presidente Marcelo Guimarães Filho assumiu a frente da empreitada e sentou à mesa com representantes de empresa proprietária de um terreno nos arredores do estádio. O objetivo: conseguir a cessão do espaço e transformá-lo em estacionamento nos dias de jogos.

As vagas disponíveis no campus da Universidade Católica do Salvador (UCSAL) são outra opção. Sem aulas, elas ficam ociosas aos domingos. A operação leva em conta o fato de os dois espaços não demandarem a travessia de pedestres no acesso ao estádio – o que poderia minar, ao menos em parte, a resistência da prefeitura em liberar a capacidade de 32.400 pessoas.

Não atravessar a Paralela é trunfo importante no quesito segurança. E como a Conder promete entregar o alargamento da Pinto de Aguiar, 24 horas após a reabertura do estádio, próximo dia 25, a questão do acesso seria amenizada. Argumento extra a ser considerado pela comissão responsável por analisar fluxo de pessoas, transito e escoamento das vias no jogo Bahia x Ipatinga – que será parâmetro para possível aumento da carga de ingresso nos demais jogos.

Obras – A Conder iniciou a colocação das cadeiras ao ritmo de duas mil por dia. A expectativa é de entre dez e 12 mil já estejam assentadas na partida inaugural, o que implica dizer que aproximadamente quatro mil pessoas poderão recordar a velha Fonte Nova e sentar no cimento. Segundo o órgão, o problema é no transporte.Cor das cadeiras de Pituaçu

As cadeiras seriam verde amarela por conta do acordo com a Petrobras, que acabou não saindo. Agora, haverá duas tonalidades de verde, duas de marrom e duas de laranja. A fábrica atrasou e elas ainda não chegaram. Licitados, o placar eletrônico e os telões aguardam a montagem da estrutura de suas bases. Um equipamento móvel será usado para dar as informações provisoriamente. A promessa é de que o campo esteja pronto e marcado em uma semana.Silas vai vestir a 10

Diante da dificuldade em encontrar um típico camisa 10, recairá sobre o meia Silas a responsabilidade da função. Pelo menos no início da temporada, planeja o técnico Alexandre Gallo. A confirmação sairá no coletivo de amanhã, o primeiro do ano. Silas, 23 anos, garante estar preparado para receber a pressão, embora queira compartilhar com os outros jogadores. “Sou meia armador, mas também sei jogar como meia-atacante. Depende da situação”, prontifica-se.

E a situação do Bahia, há sete anos sem título, vai exigir mais que o feijão-com-arroz. “Tem que fazer gol. Eu me cobro bastante. Eu até faço, mas quero fazer mais”, diz, em momento de autocrítica. Os lances de bola parada serão aliados, já que Silas diz ser cobrador de faltas e escanteio. Nesta fase de preparação, leva vantagem sobre Ananias (o único colega do elenco que faz a mesma função) por ter atuado com Gallo na portuguesa, enquanto Ananias, assim como os outros revelados na base, perderam espaço.

Enquanto a bola não rola, cresce o entrosamento com Jean Carlo, o provável terceiro homem do meio-campo na estreia contra o Itabuna, domingo. Os dois dividem o mesmo quarto.

Jogadores de fora terão tarde livre para fazer turismo

Envoltos em um ambiente de concentração desde o dia 3, com horários regrados e treinando durante dois turnos, frequentemente, os jogadores tricolores terão uma folga hoje à tarde. Motivo de comemoração para os contratados que vão aproveitar para conhecer a cidade. O time treina nesta manhã, em uma academia no Aeroclube.

Depois de vidro fumê no refeitório, é a vez do gramado

Após reformar a cozinha e o refeitório e fazer ajustes nos quartos da concentração, o Bahia parte agora para reformar o campo principal do Fazendão, aquele que tem arquibancadas e vez ou outra sedia partidas das categorias infantil e juvenil. Toda a grama será retirada e melhorias no sistema de drenagem também estão nos planos.

O refeitório foi equipado com aparelhos de ar-condicionado e as mesas e cadeiras de plástico foram trocadas por novas, de metal. O local ganhou até vidro fumê.

Na cozinha, fornos e freezers reformados, enquanto nos quartos, os televisores 14 polegadas foram substituídos por modelos 21 polegadas, sem falar na retirada dos frigobares de cada quarto. Agora, só há um, na copa, para economizar. Os aparelhos de ar-condicionado, antes alugados, foram comprados.

Reinaldo faz seu primeiro treino no campo do Fazendão

O atacante Reinaldo, vindo do Cruzeiro, participou do seu primeiro treino no campo ontem à tarde. O jogador, 22 anos, chegou no início da tarde de sábado e logo depois foi se exercitar na academia, junto com o resto do elenco. Nascido na alagoana Arapiraca, Reinaldo foi revelado no Corinthians local. Jogou ainda no Murici e CRB. Com informações de Eduardo Rocha e Herbem Gramacho do Correio desta segunda-feira

Bahia contrata outro atacante do Cruzeiro

O Bahia anunciou na manhã desta segunda-feira (12) a sua vigésima contratação para a temporada de 2009. Trata-se do desconhecido atacante Eraldo, de 26 anos e que tem seus direitos presos ao Cruzeiro. O jogador, que atingiu maior destaque de 2005 quando defendeu o Vila Nova, de Minas Gerais, tendo sido vice-artilheiro da Série C com 9 gols, será o oitavo atacante do elenco Tricolor, ao lado de Paulo Roberto, Cadu, Rafael Silva, Reinaldo Alagoano, Rychely, Beto e Mário.

Deixe seu comentário!

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*