Bahia não tem desculpa para improvisar em 2009

Quem viu o futebol brasileiro, quem vê hoje, pode até viajar na impressão de ter sido seqüestrado por algum ET para viver em outro planeta do espaço sideral.

A tabela que mudava a toda hora, e os critérios, contrariados no grito ou na calada das madrugadas, hoje, só têm alteração em casos extremos, em vez da velha inconstância de humor dos cartolas. E o tempo passou a ser uma entidade digna de respeito e não do temor de quem não contava com a palavra mágica planejamento. São seis meses de antecedência na divulgação do calendário.

A agenda 2009 prevê, pelo terceiro ano consecutivo, a data de início e término das férias dos jogadores, assim como a data de start das pré-temporadas e, duas semanas após, o início das competições estaduais, programadas para 18 de Janeiro.

A Copa do Brasil, da qual participam o bicampeão baiano Vitória e seu vice, o Bahia, será disputada sempre às quartas-feiras. Começa dia 18 de Fevereiro e termina no 1º dia de Julho. Já o Campeonato Brasileiro da Série A, com 20 clubes, entre os quais o representante baiano, o Vitória, terá a rodada inaugural no dia 9 de Maio, com término no dia 6 de Dezembro.

AFIADA

A conclusão do Campeonato Baiano está marcada para 3 de Maio, após 26 rodadas. Terá três fases. Na primeira, 12 clubes jogarão entre si, no sistema de ida e volta. Os quatro melhores se classificam para a fase semifinal, novidade de 2009.

As duas fases seguintes são eliminatórias. Nas semifinais, o primeiro enfrenta o quarto, e o segundo encara o terceiro, em jogos de ida e volta. Os vencedores decidem e campeonato em duas partidas, também em ida e volta.

A primeira partida do Vitória será contra o Atlético, no Barradão. O Bahia joga fora de casa, no mesmo dia diante do Itabuna, no Estádio Luiz Viana Filho. Os dois clássicos acontecerão nos dias 8 de Fevereiro e 22 de Março. O time rubro-negro tem o mando do confronto no primeiro turno.

O Bahia recebe a visita do Potiguar de Mossoró, provavelmente no Estádio de Pituaçu, para promover a festa pelos 20 anos do título de campeão brasileiro de 1988. O jogo de estreia na Copa do Brasil está programado para 18 de Fevereiro, um dia antes da data do histórico 0x0 contra o Internacional de Taffarel, lá dentro do Beira-Rio.

Mas, ao contrário do Vitória, o treinador do Bahia, Alexandre Gallo prefere focar no Campeonato Baiano e, com a mira mais afiada, na Série B.

ATRAÇÃO

A Copa do Brasil seria um atalho para a Libertadores, mas Gallo prefere um discurso de não iludir o torcedor. “A Copa do Brasil é também uma prioridade, mas é preciso um planejamento a médio prazo para poder ganhar”, descarta, talvez, de forma estratégica.

Gallo dá a entender que o Bahia tem poucas chances de disputar a Libertadores 2010, por conta de um improvável acesso via Copa do Brasil.

O objetivo principal do clube, considerando o Campeonato Baiano como uma pré-temporada de luxo, é mesmo o acesso à primeira divisão do Campeonato Brasileiro, e todas as aposta do Bahia estão na competição.

Série B ou segundona, seja lá como o torcedor chame, tem a sua primeira rodada no dia 8 de Maio, e o encerramento no dia 29 de Novembro. O Bahia permanece entre os 20 clubes, mas interrompe a série de acessos que vinha sendo obtida em temporadas anteriores, como o sucesso do Vitória nos últimos três anos. Atlético de Alagoinhas, Itabuna e Primeiro Passo de Vitória da Conquista voltaram a colocar o futebol baiano em seu lugarzinho bem-comportado.

Por conta do triplo fracasso, sequer vamos continuar na Série C, que este ano começa a ser mais valorizada, com 20 clubes, em vez dos 64 anteriores, e novo formato que viabiliza a atracão do mercado.

A primeira rodada da nova terceirona será no dia 24 de Maio, e a última, quase seis meses depois, no dia 22 de Novembro. Matéria dos jornalistas Paulo Leandro e Herbem Gramacho do Correio deste domingo.

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*