Atacante Nonato quer voltar para o Bahia

O Departamento de futebol do Bahia está parado, à espera das definições que só viram após as eleições no dia 11, mas já tem gente com saudade e querendo jogar no tricolor em 2009. É o atacante Nonato, cria das categorias de base do clube e sétimo maior artilheiro da história do clube, com 125 gols.

Aos 29 anos, Nonato tem contrato até o final de 2009 com o Atlético (GO), mas está disposto a rescindir e voltar para o tricolor. Pelo menos foi o que segredou ao colunista Marrom, que encontro o atacante curtindo ás férias no Carnatal, anteontem. “Vou conversar com a diretoria, porque eu quero voltar para o Bahia” afirmou. Nonato que está animado com a possível mudança no clube.

Da família vem um depoimento que confirma a identificação com o tricolor. “Ele é doido pelo Bahia, louco de paixão pelo clube” afirmou a esposa do jogador, a goiana Vanessa em entrevista ao Correio há três meses. “Mas aqui ele recebe em dias e é difícil trocar o certo pelo duvidoso” fez questão de ressaltar.

Campeão pela série C, Nonato se diz feliz pelo acesso do Atlético, que será adversário do Bahia pela série B de 2009, mas está sem espaço na equipe goiana. Foi afastado pelo técnico Mauro Fernandes por ter aprontado demais.

Oposição faz corpo a corpo com conselheiros do Bahia

“Temos um Colégio Eleitoral viciado, dos 300 conselheiros, pelo menos grande parte dos 240 a gente não sabe quem é, de quem se trata. Os outros, pelo menos, os 57 que votaram na nossa chapa em 2005, eles tiveram a dignidade de manter. Mas estamos buscando, fazendo um trabalho corpo a corpo para buscar os votos que vão decidir o futuro presidente do Esporte Clube Bahia, no próximo dia 11, quinta-feira, na sede de praia da Boca do Rio”.

Desta forma o candidato de oposição à sucessão presidencial do Bahia, o engenheiro Fernando Jorge Carneiro, questiona a reunião do Conselho Diretor para as eleições presidenciais do clube. Será a segunda vez que ele se candidata à presidência do clube. A primeira foi em 2005, perdendo as eleições para o atual presidente, Petrônio Barradas, com 57 votos na sua chapa.

“Desde que me entendo como conselheiro do Bahia, sempre tivemos um conselho com representatividade de todos os segmentos da sociedade baiana, social, jurídico, empresarial, industrial. Hoje temos conselheiros que são empregados, apoiados, compromissados com pessoas que administram o clube e de alguma forma, emocionalmente comprometidos”, disse Fernando Jorge Carneiro.

Benazzi ou Estevam no Bahia em 2009

Na próxima sexta-feira, dia 12, um dia após a sua provável eleição para a presidência do Esporte Clube Bahia, o deputado federal Marcelo Guimarães Filho anuncia a nova comissão técnica para dirigir o time baiano até o final do ano de 2009, na disputa do Campeonato Baiano, Copa do Brasil e Série B do Campeonato Brasileiro. O candidato revelou ontem ao radialista Dito Lopes, no programa Nação Tricolor, na Rádio Excelsior, que está lutando por profissionais que nunca trabalharam no futebol baiano, e estavam em equipes da Série A do Brasileiro: Vagner Benazzi, ex-Ponte Preta, e Estevam Soares, da Portuguesa de Desportos.

“Estamos mantendo contatos, negociando, e um dia após a nossa eleição para a presidência do Bahia, vamos apresentar a nova comissão técnica e nomes de alguns jogadores que vão trabalhar no Departamento de Futebol do Bahia até o final do ano de 2009. Nossa intenção é formatar o time o mais rápido possível para a estréia no Campeonato baiano, dia 18 de janeiro, contra o Itabuna, no interior do Estado”, revelou o candidato Marcelo Guimarães Filho.

Marcelo Guimarães Filho disse que profissionais como Vagner Benazzi e Estevam Soares, que nunca passaram pelo Bahia como técnicos, têm o perfil do profissional que ele quer dirigindo o time baiano, e que alguns jogadores já estão contatados para que logo após a sua provável eleição, já que ele tem a maioria dos votos do Conselho Deliberativo, possa fazer a apresentação de grande parte deste novo grupo para a imprensa.

O candidato revelou ainda que está em contato com Newton Mota para ele voltar ao Fazendão, assumir a responsabilidade por todos os setores das Divisões de Base do clube, mas negou que esteja acertando a contratação do ex-presidente do Vitória, Paulo Carneiro, para assumir o cargo de gestor do Departamento de Futebol. Com informações do Correio/Tribuna da Bahia

Deixe seu comentário!

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*