Leão não sai do zero com o Fla no Barradão

Um empate por 0 a 0 com o Vitória, no Barradão, nesta quarta-feira, tirou o Flamengo da zona de classificação para a Copa Libertadores de 2009. A partida no estádio baiano foi marcada por muitas chances de gol para ambos os lados, mas o principal ingrediente foi a queda de luz no local logos aos 6min do primeiro tempo.

A 32ª rodada do Campeonato Brasileiro não foi muito positiva para o time carioca. Após voltar ao G-4 beneficiado por uma derrota do Palmeiras para o Fluminense no último fim de semana, a equipe comandada por Caio Júnior viu o clube alviverde vencer, o São Paulo triunfar e o Cruzeiro passar pelo ainda líder Grêmio. Com isso, o Fla vai a 56 pontos e fica a dois do Palmeiras, quarto colocado.

Já o Vitória também ganha um ponto e chega a 45, subindo para a nona colocação e tentando permanecer na zona de classificação para a Copa Sul-Americana do ano que vem.

A partida começou bastante movimentada, com as equipes correndo bastante e buscando o jogo ofensivo até que, aos 6min dois refletores do Barradão se apagaram e a partida precisou ser paralisada por cerca de 25 minutos. Enquanto as luzes não voltavam ao normal, jogadores das duas equipes se aqueciam e conversavam com seus respectivos técnicos.

Somente aos 30min, a partida recomeçou, mas não com a mesma velocidade e rapidez que antes. Mesmo assim, as duas equipes seguiram em um jogo equilibrado e os dois goleiros precisaram trabalhar bastante.

Para a segunda etapa, as duas equipes voltaram com o objetivo da vitória, mas o Flamengo abusou das chances desperdiçadas. Aos 15min, após cruzamento de Marcelinho Paraíba, Obina subiu sozinho e tocou de cabeça para fora.

Mas quatro minutos mais tarde, Léo Moura perdeu um gol feito. Maxi fez boa jogada, mas a bola parou nas mãos de Viáfara. O camisa 2 do Fla pegou o rebote e, sem goleiro, chutou por cima das traves da equipe da casa, mantendo o 0 a 0 no placar do Barradão.