Bahia x Ponte Preta: Tricolor de olho no G-4

Campeonato de pontos corridos é assim mesmo. Ainda mais quando está equilibrado, como é o caso do Brasileiro da Série B. Com a vitória sobre o Brasiliense, o Bahia já vê a zona de rebaixamento mais distante e já pode voltar a fazer fé em entrar no G-4, o grupo dos quatro primeiros classificados.

Oitavo colocado com 22 pontos, os tricolores estão a quatro do G-4 e a seis da zona perigosa. Nas ruas de Salvador, o torcedor estuda a agenda, de olho na entrada do time na zona de classificação para a elite do futebol brasileiro já nas próximas rodadas.

Depois da vitória sobre o Jacaré, o Bahia se prepara para enfrentar a Ponte Preta, amanhã às 20h30, no estádio Jóia da Princesa, em Feira de Santana. O time de Campinas é o quarto colocado da competição com 26 pontos.

Bom jogo para encostar na própria Macaca e impedir que a assanhada equipe campineira se afaste mais no batalhão de frente do campeonato. O problema é o Jóia, onde o Bahia não vem tendo um bom desempenho.

Mesmo que consiga vencer, o tricolor não conseguirá chegar ao G-4 nesta rodada, já que o time baiano está com quatro pontos a menos do que a própria Macaca, quarta colocada. Em caso de vitória, o Bahia pode chegar no máximo à 6ª colocação. O Juventude é o 5º colocado, com 25 pontos e sete vitórias na competição. O Bahia, vencendo a Ponte, chegaria aos mesmos 25 pontos, mas com um triunfo a menos.

Para subir na tabela, o torcedor tricolor precisa fazer uma fézinha e torcer ainda por tropeços do Ceará e do Vila Nova. O time cearense enfrenta o CRB, lanterninha da competição, em casa. Já o Vila vai a São Paulo para duelar contra o vice-líder Barueri.

Uma semana depois da reunião entre torcedores e comissão técnica no Fazendão, em que a torcida organizada Bamor prometeu apoiar o time nas próximas partidas realizadas no Jóia da Princesa, chegou a hora de testar se o pensamento positivo vai mesmo prevalecer.

Apesar do histórico em Feira não ser favorável, uma derrota, cinco empates e apenas uma vitória, a torcida tricolor pode confiar no retrospecto contra o time de Campinas. As duas últimas vezes que se enfrentaram em território baiano, o Bahia venceu. Em 2002 o tricolor ganhou por 2×1, e no ano seguinte, por 1x 0. Os dois jogos valeram pela Série A do Brasileirão.

No tricolor baiano, a novidade fica por conta do possível desfalque do artilheiro Marcelo. O atacante sofreu um estiramento na coxa e é dúvida para a partida de amanhã contra a Ponte. “A situação de Marcelo é muito difícil. O jogador vai realizar um exame de imagem, mas acho improvável sua utilização na partida contra a Ponte”, explicou Jayme Brandão, assessor de imprensa do clube.

Os jogadores tricolores solteiros estão concentrados desde as 22h de ontem no Fazendão. Já os casados ganharam, uma folguinha a mais para curtir a família e concentram-se hoje pela manhã. O treinador Arturzinho comanda o treinamento, às 16h, no Fazendão. Depois do treino, ele define os titulares, que enfrentarão a Macaca. Com informações do Miro Palma do Correio da Bahia

Comentários:

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*