Apagado, Marquinhos admite falta de ritmo

Recuperado de contusão que o afastou dos gramados por 20 dias, o atacante Marquinhos reforçou o Vitória no empate sem gols com o Ipatinga, na noite deste sábado, mas pouco produziu e chegou a ser vaiado pela torcida no Barradão. O jogador encarou a pressão com naturalidade e culpou a falta de ritmo de jogo pela atuação discreta.

“Futebol é assim, um dia a torcida apóia, em outro dia ela critica. O Ronaldinho Gaúcho era herói e hoje pegam no pé dele”, argumentou Marquinhos, que atuou os 90 minutos no empate amargo. “Faltou um pouco de ritmo de jogo, não deu tempo de recuperar tudo. Agora é trabalhar forte para voltar a jogar bem na próxima partida”, projetou.

Mesmo não atuando bem, o atacante segue com moral elevada com o técnico Wagner Mancini, que saiu em defesa de seu comandado. “Lógico que a gente espera que o jogador renda o que pode, mas temos que entender que ele voltou de um período inativo e não treinou da forma que julgamos ideal. Com uma seqüência ele irá se recuperar”, garantiu.

Deixe seu comentário!

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*