Vitória tem desfalque de última hora contra o Santos

O Vitória perdeu nesta sexta-feira o meia Jackson para a partida contra o Santos, neste domingo no estádio do Barradão. O jogador sofreu durante toda a semana com dores no músculo adutor da coxa, mas deu sinais de que se recuperaria na quinta. No entanto, foi poupado nos dois últimos treinamentos e, por fim, terminou vetado.

O departamento médico do clube se responsabilizou pela atitude, alegando que o campo molhado e o esforço de uma partida inteira poderiam piorar ainda mais a situação do atleta, que não poderia ser escalado no sacrifício. Em substituição a Jackson, Héverton treinou no último coletivo, que durou 40min.

No final da atividade, Héverton chocou o joelho direito com um companheiro de time e saiu do treino sentindo muitas dores, mas garantiu que foi apenas impressão da pancada e assegurou sua presença na partida de domingo. Vagner Mancini tem também Willians Santana a postos caso Héverton não apresente condições.

O único receio de Mancini na postura do Vitória diante do Santos é quando o time estiver sem a bola. De olho no elenco, o treinador cobra mais empenho da marcação em todos os setores. “Me preocupo a partir do momento em que o Vitória está sem a bola nos pés. Você não vai ver um cara batendo faltas no jogo se ele não treinou isso exaustivamente ao longo da semana. Isso se aplica também a um time que não marca bem. Tem que cobrar bem a marcação no grupo, porque é porto de partida para que a equipe tenha êxito”.

O time definido pelo técnico e que deverá em campo no domingo é Viáfara, Marco Aurélio, Wallace, Anderson Martins, Marcelo Cordeiro; Renan, Marco Antônio, Héverton (Willians Santana) e Ricardinho; Dinei e Marquinhos.

Clube sonha com meia argentino

O Vitória pode anunciar ainda neste final de semana uma parceria que pode ajudar bastante financeiramente e profissionalmente o clube. A mesma empresa que injetou R$ 40 milhões no Palmeiras, Traffic, pode ser a nova parceira do Leão baiano.

A Traffic injetará capital no clube (em torno de R$ 4 milhões), para aquisição de novos jogadores e em troca receberá porcentagem dos passes de alguns dos principais atletas rubro-negros. Os zagueiros Anderson Martins e Victor Ramos, além da revelação Marquinhos interessam ao grupo.

O presidente do clube, Jorge Sampaio explicou o porquê da parceria e o quanto vai ajudar o clube. “Sei que não é o ideal, mas é necessário (…) Precisamos de parcerias porque o clube vai arrecadar R$ 20 milhões e gastar R$ 30 milhões”, alertou o dirigente.

Em contrapartida, alguns jogadores da Traffic podem desembarcar na Toca do Leão. Os atacantes Dinei e Muriqui são atletas da empresa e chegaram no mês passado. Especula-se que mais três jogadores da Traffic podem chegar ao Vitória. Seria um zagueiro, um meia e um atacante.

Nos bastidores da Toca do Leão, comentou-se que o meia argentino Verón, com passagens pela seleção do seu país e pelo Inter de Milão, que estava no Estudiantes, poderia desembarcar na toca com ajuda da parceria. Mas até o momento ninguém da direção do clube se manifestou sobre o interesse no atleta. Com informações do UOL/AFI

Deixe seu comentário!

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*