Paulo Maracajá “Eu adoro o Bahia”

Veja trechos da entrevista concedida ao Jornal A Tarde pelo presidente de fato do Esporte Clube Bahia, o senhor Paulo Maracajá Pereira que tem como única novidade a ameaça, agora quase oficial, em voltar à presidência do clube.

Se você torcedor tricolor e agora também sofredor ainda tiver estômago para ler o velho e cansado discurso do conselheiro do tribunal de conta clique aqui, e leia a entrevista na íntegra

Ganhei muito mais amigos em toda a minha vida do que pessoas que não gostam de mim… Eu adoro o Bahia desde pequeno. Eu ia para o estádio. Graça… Fonte Nova….. Fui eleito deputado estadual três vezes também por causa do Bahia, mas aí com a ajuda do senador Antônio Carlos e de Luís Eduardo Magalhães, que me ajudaram politicamente….

Hoje estou num cargo vitalício, se hoje estou num cargo que tem o maior salário do Estado, eu agradeço principalmente à torcida do Bahia…. Então, me incomoda ver o Bahia na Terceira Divisão, e depois na Segunda.

Eu quero ver o Bahia na Primeira Divisão…… Foi em nossa gestão, por exemplo, que a sede de praia foi concluída…. Quando saí em 21 de junho de 94 e deixei o Bahia com o presidente Francisco Pernet, o clube era bicampeão baiano, sexto colocado no Campeonato Brasileiro e devia R$ 200 mil….

Marcelo Guimarães não era meu candidato. Era candidato do Osório Villas-Bôas……, modéstia à parte, para os torcedores do Bahia vivos eu sou o maior vencedor….. Eu fiquei dois anos e meio sem falar com Marcelo Guimarães. Fizeram xaveco, intriga e eu levei dois anos e meio sem pisar no Fazendão…..

Voltar a ser presidente cada vez mais está em minha cabeça, porque de tanto eu tomar pau sem ser presidente, talvez seja melhor eu tomar pau sendo presidente…… Não estava pensando, em voltar ao Bahia mas depois de tantas agressões que eu tenho sofrido, depois de panfletagem na Fonte Nova contra mim penso em voltar…..

A maior covardia que tem é você xingar alguém anonimamente. Você tem que xingar a pessoa tendo peito de assumir, xingar de cara…… O homem mais poderoso do mundo foi morto, em Dallas, por uma bala. Quer dizer, se você ficar preocupado com segurança, você não vai pra lugar nenhum…….

Eu poderia, perfeitamente me acomodar. Eu estou aposentado como deputado, com salário de deputado. Eu tenho o maior salário do Estado….. Minha mãe estava à morte no Hospital Aliança, eu recebi ligação dizendo: ‘a velha vai morrer já, já. Já, já vai morrer’…… Eu nunca estive tão próximo de tomar uma decisão de ser presidente do Bahia como agora…… Tenho conversado já com meus companheiros do Tribunal, com meus familiares sobre a volta ao Bahia mas tenho encontrado uma reação muito grande da família. Veterano Euller está entre América-MG e Bahia
Apesar de ter recebido proposta “muito interessante” para defender o Bahia na Série B do Campeonato Brasileiro, o experiente atacante Euller, 37 anos, considera a possibilidade de permanecer no América-MG, clube que o revelou, para a disputa da Série C nacional.

“Tive uma proposta muito interessante do Bahia, passei para o América, até porque o meu contrato é aberto para sair a qualquer momento, conversei com o Baltazar (Antonio Baltazar, presidente do clube), ele disse que eu podia ficar tranqüilo que o América ia fazer o melhor e eu estou esperando”, disse Euller em entrevista à Rádio Itatiaia.

O atacante não descartou, no entanto, a proposta do Bahia. “Não foi dispensada (a proposta), ainda tem essa possibilidade, mas estou confiando na palavra do pessoal do América e espero resolver isso da melhor maneira”, observou o veterano atacante, que defendeu clubes tradicionais como futebol brasileiro, como Atlético-MG, São Paulo, Palmeiras e Vasco. Veja também – O Barradão é Nosso!Gostaria de manifestar solidariedade à torcida do Vitória que em massa tem se manifestado contra a utilização do Barradão pelo Bahia. Mas, na verdade, o que queria mesmo…
Leia mais aqui
Pegou o seu – Bahia vence por 9 x 0

Jogando a sua segunda partida na Porto Seguro Cup, o Bahia recuperou-se da derrota de ontem para o Palmeiras e aplicou a maior goleada da competição, hoje à tarde, na Seleção de Porto Seguro.

O time comandado pelo técnico José Carlos Queiroz, que foi formado por jogadores nascidos no ano de 90, atuou com: Waldson (Camal), Lázaro, Thiago, Valença e Roberto; Arlisson. Everton e Vader; Helder (Caio) e Douglas (Muller) Hoje (quinta-feira), a garotada do Fazendão retorna ao campo para enfrentar o Villareal, às 10h:00, em jogo que decide sua classificação. Bahia vai ter de jogar em Feira contra o Avaí
Apesar das negociações realizadas na semana passada, o Bahia terá mesmo de enfrentar o Avaí de Santa Catarina, na sexta-feira (04/07), no estádio Jóia da Princesa, em Feira de Santana. Isso porque, o maior desejo da diretoria do clube era mudar o mando de campo para o estádio Lourival Batista, o Batistão, em Sergipe. No entanto, de acordo com o regulamento da Série B do Brasileiro, o prazo para a mudança tem de ser de, no mínimo, dez dias de antecedência.

Esse limite se esgotou ontem. Mas, mesmo tendo de jogar a próxima partida em Feira de Santana, as negociações da diretoria não param. O clube ainda aguarda uma resposta do governo sergipano sobre a possibilidade de jogar no Batistão. Outra opção pode ser o Barradão. A Federação Bahiana de Futebol (FBF) ainda pretende realizar um encontro com os dirigentes da dupla Ba-Vi para negociar o aluguel do estádio por parte do Bahia.

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*