Vágner Mancini encara primeiro desafio

O jogo do Vitória contra o Paraná, esta noite, no Barradão, que vale vaga nas oitavas-de-final da Copa do Brasil, é o primeiro desafio do técnico Vágner Mancini antes de começar a decisão do Baianão, exatamente numa competição que ele conhece bem, pois em 2005, pelo Paulista de Jundiaí, sagrou-se campeão em cima do Fluminense do Rio. No mata-mata diante do adversário paranaense, o Vitória perdeu o primeiro jogo, por 1×0, no Estádio Durival Brito, em Curitiba. Para reverter a situação e passar para a terceira fase, o Leão terá que ganhar por dois gols de diferença. Apenas em uma situação a decisão será decidida nos pênaltis: se repetir resultado anterior a favor do rubro-negro. A equipe classificada enfrentará na próxima etapa da Copa do Brasil o já habilitado Internacional, de Porto Alegre, que eliminou a Chapecoense-SC no primeiro confronto.

A presença da torcida rubro-negra no Barradão será de muita importância no apoio ao time. Os jogadores já sentiram que vão ter esse calor humano nas arquibancadas do estádio. Demonstração nesse sentido aconteceu ontem por parte das facções organizadas dos Imbatíveis e Viloucura, que, representados por 18 associados, estenderam as duas faixas no alambrado que dá para o fundo do gol do campo número 1 onde Vágner comandou a última atividade técnica-recreativa visando o decisivo compromisso diante da equipe do Paraná. A diretoria rubro-negra também fez a sua parte, colocando desde anteontem na Loja da Toca do Leão, no Shopping Capemi, e nas bilheterias do Barradão, a venda de ingressos.

A segurança para a partida desta noite está garantida. O gerente do estádio, Haroldo Tavares, teve a certeza do major Roberto Pinto, comandante da 50ª Companhia Independente da Polícia Militar, sediada no bairro Sete de Abril, que um forte esquema policial estará tanto na área interna como externa do Barradão para dar toda a segurança ao desportista que for ao jogo.

Pegada forte e o equilíbrio emocional dos jogadores. Para o técnico Vágner Mancini, esses dois ingredientes serão fundamentais para a sua equipe chegar ao objetivo. O treinador conversou coletiva e individualmente com os jogadores sobre o adversário e passou as informações colhidas através de amigos paraenses. “Vamos jogar com inteligência e velocidade, procurando explorar os erros que por certo eles vão dar”.

Mancini anunciou o time apenas com uma dúvida no ataque entre Marquinhos e Diego Silva. O restante da equipe será praticamente a que começou no primeiro jogo, no dia 19 de março, na derrota por um gol. Só não vai jogar o zagueiro Rafael Santos, que se recupera de uma torção no tornozelo esquerdo. Ontem, depois do recreativo disputado debaixo de muita chuva, os jogadores Ramon Menezes, Carlos Alberto, Gustavo e Marco Antonio, que entrará no segundo treino, treinaram exaustivamente cobranças de faltas. Os demais jogadores exercitaram cobranças de pênaltis.Programa sobre o Vitória estréia na televisão

O torcedor do Vitória terá um domingo repleto de atrações. Além da partida contra o Itabuna, às 16h, fora de casa, válida pela primeira rodada do quadrangular final do Campeonato Baiano, o dia marca a estréia do programa “Vitória na TV”.

De acordo com o site oficial do clube, tudo que o torcedor rubro-negro sempre quis saber sobre a equipe do Barradão como treinamentos, bastidores dentro do centro de treinamento, divisão de base, os gols da semana e entrevistas será colocado à disposição. Além disso, o torcedor terá participação garantida na atração.

O programa vai ao ar pela TV Record/Itapoan (canal 5), a partir das 9h, domingo, dia 6 de abril.
Correio da Bahia/O Globo

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*