Barradão começa a vender ingressos nesta sexta-feira

Quem resolveu ir até a Toca para adquirir sua entrada no Ba-Vi viu as bilheterias fechadas. A diretoria rubro-negra só disponibilizou os ingressos na loja oficial do clube, no Shopping Capemi, ao lado do Iguatemi. Apenas nesta sexta-feira, 18, as três bilheterias do Manoel Barradas vão abrir para o torcedor.

Na loja, o movimento foi intenso, mas sem tumulto, segundo a assessoria do clube. A boa venda no estabelecimento também contribuiu para que o Barradão deixasse de vender as entradas.

A previsão é que as longas filas comecem na sexta, nos dois pontos de venda. Para quem pretende adquirir a meia-entrada, terá que madrugar no local da partida, pois só no domingo será comercializada, a partir do meio-dia. Para evitar cambistas, a 50ª Companhia Independente da Polícia Militar vai patrulhar a fila de venda da meia.

Os preços salgados continuam os mesmos. Para as cadeiras, o torcedor vai desembolsar R$ 60,00. A arquibancada permanece R$ 15,00.

Polícia garante clássico da paz

A tarefa será árdua. Afinal de contas, a previsão é de casa cheia, com mais de 35 mil torcedores presentes domingo, no Barradão, para se divertirem com o clásico Ba-Vi. Apesar do volume de gente, de todas as cores, credos, ideologias, das mais variadas gamas de comportamento, alguns verdadeiros pavios curtos prontos a explodir, o policiamento da cidade garante que a galera dos dois maiores clubes de Salvador poderá fazer a festa com tranqüilidade. Todas as providências foram tomadas e, oxalá, seja tudo na paz mesmo.

Ontem, pela manhã, a FBF promoveu no Quartel da Polícia Militar, no Largo dos Aflitos, reunião com autoridades, dirigentes e torcedores para encontrar soluções para evitar conflitos entre as torcidas no clássico. Entre os presentes, o presidente da FBF, Ednaldo Rodrigues; o presidente da Ceaf/BA, Wilson Paim; os representantes do Ministério Público, Nivaldo Aquino e Renato Oliva; o coronel Eleutério (CPC); o coronel Josué Alves Brandão (CORDOP); representantes da Polícia Militar; Almir Pinto, da Secretária de Esporte de Feira de Santana; dirigentes de Bahia e Vitória, além de presidentes das torcidas organizadas e membros da imprensa esportiva.

O coronel Eleutério, que dirigiu o encontro, ressaltou as providências de antes, durante e depois do jogo, a exemplo da realização de revistas rigorosas nos integrantes e nos ônibus das torcidas organizadas na saída da concentração, englobando o trajeto e a entrada no estádio. Torcedores que forem flagrados com armas, bombas caseiras, entre outros artefatos perigosos, serão encaminhados ao Ministério Público e, em seguida, para a delegacia. Serão 858 PMs em ação no clássico.

Arilson Bispo da Anunciação apita o BA x VI

A FBF confirmou sua autonomia, não sofreu pressão dos dirigentes da dupla Ba-Vi e anunciou ontem, após sorteio, que caberá a Arilson Bispo da Anunciação o comando das ações no importante clássico de domingo, às 16h, no Barradão, pelo quadrangular final do Campeonato Baiano. Terá como assistentes Adson Márcio Lopes Leal e Luiz Carlos Silva Teixeira.

Do lado de fora do gramado, como verdadeiros olheiros de técnicos e outras pessoas presentes nos bancos dos clubes, estarão vigilantes Jailson Macedo Freitas, Luciano Conceição dos Anjos e Ailton Marcos Borges Brito.

Para o outro jogo, no Lomanto Júnior, também às 16h, Vitória da Conquista x Itabuna, o escolhido foi Aristeu das Mercês Ramos, auxiliado por Raimundo Carneiro Oliveira e Marcos Welb Rocha Amorim. Os reservas serão Manoel Nunes Lopo Garrido, Marielson Alves Silva e Ocimar Freitas Rocha.A Tarde/Correio da Bahia

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*