Vadão acena com mudanças radicais no Vitória

Três dias depois de perder diante do Itabuna a terceira partida consecutiva no Campeonato Baiano, o Vitória volta a enfrentar a equipe grapiúna nesta quarta-feira, no Barradão, pela segunda rodada do returno.

Para esta partida, o técnico Vadão deve promover várias modificações na equipe. O treinador ainda não definiu quem entra e quem sai, por isso decidiu convocar 23 jogadores para a concentração, embora apenas 18 deles possam ser relacionados para o jogo, 11 como titulares e sete no banco de reservas.

O meia Bida e o atacante Marquinhos se reapresentaram contundidos e podem desfalcar a equipe. Em compensação, o volante André Silva, contratado recentemente, deve fazer sua estréia com a camisa rubro-negra.

O técnico Vadão confia no maior número de jogos dentro da casa para deixar a incômoda quarta colocação na classificação geral e voltar a disputar a liderança. No returno, sete jogos que serão realizados no Barradão, contra apenas quatro como visitante.

“Não que os jogos fora sirva de desculpa. Mas, com mais partidas no Barradão, teremos aquele tempo viajando convertido em treinos”, disse o treinador, em entrevista ao jornal “A Tarde”.

Diante dos boatos de que estaria ameaçado no cargo, Vadão entregou à diretoria o papel de falar sobre seu futuro no comando da equipe. “Aqui nem se cogita a saída dele, confiamos plenamente no trabalho de Vadão”, disse o presidente do Vitória S/A, Jorge Sampaio.

Deixe seu comentário!

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*