Duelo de ‘invictos’ marca partida entre Juazeiro e Atlético

Quem ler o título desta matéria sem ir à fundo no conteúdo, provavelmente irá achar que o autor está equivocado. No entanto, na partida desta quarta-feira, no Estádio Adauto Moraes, pela oitava rodada do Campeonato Baiano, Juazeiro e Atlético defendem invencibilidades distintas na competição. Enquanto o Tricolor ainda não foi derrotado em casa, o Carcará de Alagoinhas continua imbatível como visitante.

Finalmente estreando dentro de casa, após duas derrotas consecutivas fora de seus domínios, o treinador Paulo Soares segue confiante no elenco do Juazeiro. Profissional com passagens pelo futebol pernambucano, onde foi campeão da segunda divisão com o Central, em 2005; além do futebol Candango, com um título da Série A2 do Distrito Federal pelo Esportivo de Guará, Paulo Soares quer consolidar seu nome definitivamente no futebol da Bahia. Para isto, quer tornar novamente o Juá em uma equipe competitiva.

“Alguns setores do time estavam limitados, principlamente o defensivo. Com a chegada do zagueiro Alexandre, acredito que vamos dar uma consistência ao setor”, declarou o treinador, que mostrou-se preocupado com sua linha de frente. “Ainda temos deficiências no ataque, mas isto será corrigido nos treinamentos”, finalizou.

Voltando ao esquema de três zagueiros, o Juazeiro pretende surpreender o Atlético e manter a fama de imbatível dentro de casa. Após quatro derrotas consecutivas, o Tricolor ocupa a penúltima colocação, com oito pontos ganhos.

Garras afiadas – Alheio à má fase do adversário, o Atlético chega à cidade de Juazeiro com o pensamento da vitória. Para o treinador Antônio Dumas, um triunfo fora de casa dará mais moral ao time de Alagoinhas, que pode terminar a incompleta oitava rodada na vice-liderança do Baianão, com o mesmo número de jogos de Vitória e Vitória da Conquista, segundo e terceiro colocados, respectivamente.

O treinador atleticano fará duas mudanças em relação ao time que goleou o Camaçari, no último domingo, no Estádio Armando Oliveira. O volante Vaguinho volta ao time em lugar de Daniel, enquanto Wille cede lugar ao meia Fabrício.Leia também
Zanata quer repetir “operação seis pontos” como visitante

“Não estou aqui para brincadeira”, alertou Ferreira

Portal Futebol Baiano

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*