Conquista continua 100% como mandante

O Vitória da Conquista esteve em seis das sete rodadas do Baianão no G-4. Embora o campeonato de pontos corridos premie a regularidade, o clube distorce um pouco a idéia. Apresenta desequilíbrio. Como visitante, somou apenas um ponto em nove disputados. Mantém-se no limite dos classificados ao quadrangular porque compensa no Lomanto Júnior. É a última equipe ainda 100% como mandante: quatro vitórias. O treinador Elias Borges, no clube desde sua profissionalização há três anos, reconhece a importância do estádio na trajetória. Em jogos oficiais, são 12 vitórias, sete empates e três derrotas. Confia também na força da torcida para vencer o Bahia, amanhã, e se manter entre os quatro primeiros sem depender de outros resultados. Ano passado, por exemplo, o Vitória da Conquista terminou a fase de classificação do estadual como recordista de renda e público do interior. Ultrapassou até mesmo o Vitória em ingressos vendidos somente na bilheteria (2.863 pagantes contra 1.344), quando excluia-se da avaliação o Sua Nota é um Show, promoção que forneceu cinco mil entradas/jogo no interior e dez mil/jogo na capital. No campo, a dúvida para escalar o time é técnica e tática. A fragilidade do lateral-esquerdo Claudemir na marcação pode fazer o time ser escalado no 3-5-2, com o meia Carlinhos na ala. Adriano formaria a defesa com Silvio e Artur.

Deixe seu comentário

2 Trackbacks / Pingbacks

  1. 럭스119
  2. take a look at the site here

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*