Vitória deve R$ 60 mil a Cléber; agente do meia ‘persegue’ cartolas

Contratado pelo Vitória no início da temporada 2007, Cléber foi dispensado quatro meses antes do término do contrato, sob a alegação da diretoria de que precisava cortar custos. Além dele, o goleiro Emerson também passou pelo mesmo constrangimento, mas Cleber acabou sendo contratado pelo Bahia para a disputa da Série C, que só começou no segundo semestre.

Até agora, o jogador não recebeu a multa pela rescisão, mas segundo o vice-presidente financeiro do Vitória, José Perdiz, “o problema será equacionado nos próximos dias”. “Esse é um momento difícil, pois os clubes não têm arrecadação. Estamos esperando recursos de uma operação financeira para honrar nosso compromisso”, prometeu o dirigente.

Segundo Perdiz, desde que Cléber sofreu o AVC, há quase dois meses, a dívida, que ele calcula em torno de R$ 60 mil, está na ordem de prioridades do Vitória.

Não é o que diz Marguit Regina, mulher de Cléber. Segundo ela, o procurador de Cléber, Alex Brasil, viajou a São Paulo para ficar de campana, na porta do hotel onde nesta quarta-feira aconteceu a reunião do Clube dos 13, para tentar falar com o presidente do clube, Jorge Samapaio. “Faz tempo que o Jorge está fugindo do Alex”, disse Marguit.

Alex Brasil irá aproveitar também a presença do presidente do Bahia, Petrônio Barradas, para tratar da prorrogação do contrato do jogador, por um período mínimo de seis meses. Segundo o diretor financeiro e de marketing do Bahia, Marco Costa, não deve haver nenhum impedimento para a renovação.

Rebaixado no Japão
UÉSLEI precisa esquentar bastante o pé antes de voltar ao Japão. Após participar das campanhas que rebaixaram Atlético-MG e Bahia, ambas em 2005, o atacante fez parte do elenco do Sanfrecce Hiroshima, que terminou na zona de rebaixamento à segunda divisão da J-League, o Campeonato Japonês. Uéslei marcou 17 gols e, na artilharia, ficou atrás somente dos também brasileiros Juninho, Edmilson e Baré. Juninho, goleador com 22 gols, foi outro revelado pelo Bahia.Correio da BahiaFoto- Marguit Flolich Esposa de Cléber

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*