Apodi vira herói

Eshow(‘180×150’,5,8); Localizado a Oeste do Estado do Rio Grande do Norte, na divisa com o Ceará, o pequeno município de Apodi está representado na seleção olímpica do Brasil pelo lateral-direito Luiz Diallisson de Souza Alves, que carrega na carreira o mesmo nome do lugar onde nasceu.

Eleito a revelação do último Campeonato Brasileiro da Série B, em que ajudou o Vitória a voltar à elite do futebol nacional, Apodi diz que a chance que ganhou do técnico Dunga provocou alvoroço em sua cidade, de pouco menos de 40 mil habitantes.

“Todo mundo já está ligado lá em Apodi, meus familiares, amigos e o resto da cidade. Só se fala nisso. Espero representar bem a minha cidade na seleção”, diz o ala potiguar, que completa 21 anos na próxima semana.

O desempenho na Série B rendeu a Apodi um contrato com o Cruzeiro para a próxima temporada. Para 2008, o jogador promete manter a consciência coletiva e brigar por espaço em seu novo clube.

“Continuarei atrás de prêmios individuais, mas os prêmios coletivos são mais importantes. O melhor que me aconteceu foi o Vitória ter subido”, afirma.

“Trabalhar bastante e fazer a mesma coisa que fiz pelo Vitória na Série B desse ano”, diz Apodi, que nos últimos dias treinou na equipe reserva da seleção olímpica, na preparação para amistoso contra os melhores do Brasileirão no domingo.

Bruno Freitas

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*