Criciúma precisa vencer no Barradão

O técnico Roberto Cavalo fez ontem a primeira projeção do time do Criciúma para a partida contra o Vitória, sábado, às 16h, no Barradão. Segundo a formação, as mudanças acontecem desde o esquema tático até a volta de jogador que não estava mais sendo utilizados como ti-tular. O Tigre busca a reabilitação no Campeonato Brasileiro da Série B e para isso só um triunfo interessa, porque o objetivo é retornar ao G4 da competição. Roberto Cavalo disse que, no momento, a equipe está na quinta colocação com 48 pontos, mas vai enfrentar um concorrente direto e vencendo o rubro-negro baiano vai melhorar sua posição.

Sobre o time, Cavalo projetou duas formações. Isto porque, o técnico dependerá do julgamento de Luiz André no pleno do STJD, hoje, no Rio de Janeiro, para poder escalar o atleta. Caso o volante seja condenado das acusações de doping, o comandante não contará com ele e, por isso, terá que optar pelo segundo esquema planejado. Com Luiz André no time, Elizeu será remanejado para a zaga para dar lugar a Mateus, que volta depois de cumprir suspensão automática. O ataque receberá mais um reforço, sendo que ao lado do jovem Jean Coral, Cavalo pretende colocar Maurício. Com isso, Odair, que atuou no último jogo volta para a reserva. Nas demais posições, a equipe será mantida. Caso Luiz André não possa atuar, Silvio Criciúma será escalado na zaga e Elizeu permanecerá no meio-campo. Ontem, o grupo realizou treinamento no período da tarde, quando Cavalo fez as primeiras observações. Hoje acontece o treino-apronto e logo depois será iniciado o período de concentração. A viagem para Salvador está marcada para amanhã, às 9h. Críticas – Durante uma entrevista coletiva ontem, Roberto Cavalo reclamou dos comentários feitos por três profissionais de rádio de Criciúma. O treinador citou que Paulo Coutinho (Rádio Eldorado), Milioli Neto e Itá (Rádio Difusora) atrapalharam o Criciúma e não gostariam de ver o Tigre bem. “Eles falaram mal do trabalho do Gelson, quando era líder, do René Weber e agora reclamam do meu e ficam fazendo boatos sobre minha saída. A culpa pela derrota diante da Ponte Preta foi minha e dos atletas. Mas estamos trabalhando para mudar esse quadro”, avaliou Cavalo. Logo após o desabafo do técnico tricolor, o comentarista Paulo Coutinho falou na Rádio Eldorado a respeito das declarações. “Isso é ótimo, ele está nos usando para motivar o grupo”. Em seguida declarou que tudo aquilo não passou de baboseira. “Todos querem o melhor para o Criciúma e vamos subir para a Série A”, disse Coutinho.

Deixe seu comentário!

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*