Bahia e Vitória aceitam subsídio, mas descartam “diretas já”

O Governador da Bahia, Jaques Wagner, dirigentes de Vitória e Bahia representantes da Federação Bahiana de Futebol (FBF) estiveram reunidos na tarde desta terça-feira, na sede da Governadoria, para a solenidade de assinatura do termo de adesão ao programa “Sua Nota é um Show”. O convênio, que prevê a troca de 10 cupons fiscais por um ingresso, funcionou durante todos os jogos do Campeonato Estadual, mas havia sido interrompido e será retomado para a seqüência dos jogos da dupla Ba-Vi no Campeonato Brasileiro das Séries B e C.

A novidade será o sistema de distribuição das entradas. Para evitar a ação dos cambistas, que ficavam com a maior parte dos ingressos gratuitos e os negociavam por valores inferiores aos praticados nas bilheterias, será implantado um sistema de reserva por telefone.Mas o grande assunto entre os dirigentes foi a resolução publicada nesta segunda-feira, no Diário Oficial do Estado, que condiciona a continuidade do programa à alteração estatutária dos clubes que estipule eleições diretas nos clubes até 2011. Tanto Bahia, quanto Vitória resistem à idéia.”Não há como modificar o regimento do Esporte Clube Bahia em um curto espaço de tempo, por isso não há um prazo para que seja estabelecido o processo de eleições diretas”, disse o presidente do Bahia, Petrônio Barradas.”Não se pode admitir que opiniões externas interfiram nos assuntos internos do Bahia, que tem um conselho deliberativo composto por 320 pessoas”, disparou.
O assessor jurídico do Vitória, Antonio Carlos Menezes, foi mais diplomático: “A vontade do Conselho Deliberativo é ampliar a participação do torcedor nos processos decisórios, mas isso só deve ocorrer a médio prazo”, declarou.O governador Jaques Wagner alega que a democratização é a única saída para que o futebol baiano volte a disputar competições de alto nível. “Era preciso que alguém desse início a este processo e quem sinalizou primeiro foi o governo”, afirmou.Baianinho

As partidas decisivas da Segunda Divisão do Campeonato Baiano, entre Independente e Guanambi, também serão beneficiadas pelo programa. A competição, no entanto, pode ser suspensa caso o Tribunal de Justiça Desportiva acate recurso do Galícia para impugnar o resultado da partida em que o Guanambi derrotou o Leônico por 10 a 0, resultado que eliminou o time da colônia espanhola da disputa. Galícia e Guanambi terminaram com pontuação, número de vitórias e saldo de gols idêntico, mas a equipe do interior ficou com a vaga por causa do número de gols marcados – 25 a 23

Deixe seu comentário

3 Trackbacks / Pingbacks

  1. site bun
  2. สอนเทรด Forex
  3. Auto Fabrication

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*